Boa compra, Etios fica melhor com tapa no visual

WILSON TOUME
Da Motorpress, em São Paulo (SP)
28/02/2017 14:50

Em abril do ano passado, a Toyota surpreendeu com a apresentação da nova geração da sua linha Etios, que trazia, como principais atrações, os motores 1.3 e 1.5 fabricados no Brasil, além do quadro digital de instrumentos (mas que seguia posicionado no centro do painel). Em agosto, veio outra novidade: as versões topo de linha Platinum (hatch e sedã) passaram a exibir visual renovado – principalmente na dianteira – com a adoção de novos para-choques e grade. Logo em seguida, a fabricante lançou a série especial Ready! (apenas para o hatch) com o mesmo desenho, mas estilo jovial. 

Dianteira passou por mudanças na grade e no para-choque

De acordo com a Toyota, todas essas novidades contribuíram para que o modelo tenha registrado crescimento de vendas no ano passado, passando de 61.369 modelos vendidos em 2015 para 67.768 unidades em 2016, o que representou um aumento de 4,1% na participação de mercado (foi de 7,1%, contra 3% em 2016).

Na traseira, destaque para o nov para-choque

E se a estratégia foi tão bem-sucedida, nada mais natural do que continuar com ela, certo? Assim, não causou surpresa o anúncio feito no início deste ano de que as demais versões do Etios passarão a contar com o visual reestilizado. Esse visual, vale lembrar, foi criado no Brasil, no centro de design da empresa, em São Bernardo do Campo, SP, e está sendo adotado nos demais mercados em que o Etios é oferecido. O que causou espanto foi a decisão de lançar o carro como modelo 2018 ainda em janeiro de 2017.

De acordo com os executivos da empresa, a iniciativa é ousada, mas envolve um risco calculado. “Poderíamos ter lançado o carro no fim de 2016, mas certamente haveria gente se queixando da mesma forma”, explicou Miguel Fonseca, vice-presidente da Toyota do Brasil.

O quadro de instrumentos é digital e moderno

Essa estratégia provoca outro fato curioso: as grandes novidades se restringem às versões mais simples da gama Etios X, XS e XLS (além da Cross), uma vez que a Platinum já contava com o novo visual. Na parte mecânica não houve alterações, mas uma mudança é que, a partir de agora, as versões XLS e Cross serão oferecidas apenas com câmbio automático.

Para diferenciar a versão de topo Platinum das demais, os modelos contam com moldura inferior da grade cromada e tapetes exclusivos (com o nome da versão aplicado). Volante multifunção com comandos do rádio e do computador de bordo, controlador de velocidade de cruzeiro, ar-condicionado, vidros, travas e retrovisores com acionamento elétrico e rodas de liga leve são alguns dos equipamentos de série disponíveis.

Motor 1.5 entrega 107 cv com etanol

Para quem busca um sedã compacto, mas com ótimo espaço interno, porta-malas amplo e nível mais que satisfatório de conforto, o Etios Sedã 2018 continua sendo uma opção bastante interessante. Sem falar no bom desempenho proporcionado pelo motor 1.5.

Confira nossas medições a ficha técnica: