Renault anuncia Sandero RS Racing Spirit

FERNANDO NACCARI
De Curitiba (PR)
12/05/2017 12:00

Parece que a Renault gostou de investir na linha RS no Brasil. Após anunciar uma versão verdadeiramente esportiva no Brasil, com o Sandero RS, chegou a vez do sobrenome "Racing Spirit" rebatizar o modelo, vindo como série especial limitada a 2.000 unidades. Este total será vendido em nosso país e também na Argentina. Segundo a Renault, não haverá divisão de unidades entre os países, pois tudo dependerá da demanda de mercado.

Por dentro, pouco muda. Destaque vai para a coloração vermelha nos acabamentos internos e bancos, bem como saídas de ar e detalhes no painel de instrumentos. No restante, tudo preto, inclusive o forro do teto.

Como toda boa série limitada, a versão vem numerada e é identifica através de uma placa posicionada logo abaixo do freio de mão. Nesta, destaca-se o circuito de Brno, na República Tcheca.

Em relação ao RS já vendido, a mecânica não sofre alterações, saindo da fábrica com o propulsor 2.0 de 150/145 cv e 20,9/20,2 kgfm (com etanol e gasolina, respectivamente). A transmissão também permanece a manual de seis marchas.

Com novas rodas e pneus (agora Michellin P2, com banda de rodagem inspirada na Fórmula E), segundo a Renault, o veículo ganhou em estabilidade e distância de frenagem, reduzindo esta em 1 metro, quando em pista seca, e até 2 metros, quando esta estiver molhada. O conjunto de suspensão é o mesmo do RS, privilegiando uma tocada mais esportiva.

O botão RS, que acorda o já ousado esportivo, continua e é acionado através de um botão no painel, permitindo ao motorista escolher três modos de condução: Standard, Sport e Sport+, interferindo diretamente na funcionalidade dos controles eletrônicos de tração e de estabilidade e claro, do pedal direito de acelerador, deixando o que já é bom, ainda mais divertido.

O novo “hot hatch” será vendido por R$ 66.400. Sem opcionais.