Oficial: GM vende Opel e Vauxhall para a PSA

Motorpress
Da Redação, em São Paulo (SP)
06/03/2017 09:38

A General Motors e o Grupo PSA formalizaram nesta segunda-feira (6) a venda das marcas Opel e Vauxhall por um total de 2,2 bilhões de euros (ou mais de R$ 7 bilhões). A partir de agora, as duas marcas europeias que pertenciam à GM farão parte do conglomerado francês, ao lado de Peugeot, Citroën e DS. As informações são do site Carscoops.

A aquisição da Opel e Vauxhall pelo Grupo PSA é a maior da indústria desde a formação do grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA) em 2013 e torna o conglomerado francês o segundo maior grupo automotivo europeu, atrás apenas do grupo Volkswagen. 

Opel e Vauxhall farão parte do Grupo PSA a partir de agora

O acordo entre a GM e a PSA incluiu seis fábricas de automóveis, cinco de componentes e um centro de engenheira localizado em Rüsselheim, na Alemanha, o que deixa cerca de 40 mil funcionários sob os cuidados da PSA a partir de agora. O único resquício da operação europeia que a GM optou por segurar foi o seu centro de engenharia em Turim, na Itália.

A completa transição da Opel e da Vauxhall para o grupo PSA, contudo, se dará ao longo de anos. Isso porque o portfólio da Opel acabou de ser atualizado (com as novas gerações do Corsa em 2014 e do Astra em 2015, por exemplo), fazendo com que a empresa continue compartilhando a estrutura da General Motors em seus veículos até que os franceses desenvolvam suas próprias plataformas para as duas marcas.

A questão que permanece sem resposta é a atuação da GM na Europa a partir de agora. A imprensa internacional especula que as marcas Chevrolet e Cadillac são as mais cotadas para assumir o posto da Opel e Vauxhall para os americanos no Velho Continente.