Mulheres estimulam mercado de comerciais leves

ALZIRA RODRIGUES
de São Paulo (SP)
07/03/2017 18:14

Com a proximidade do Dia Internacional da Mulher, a Mercedes-Benz do Brasil promoveu um encontro com empresárias de sucesso que contam com veículos da linha Sprinter em suas frotas. O evento também serviu para enfatizar a força que as mulheres vêm ganhando no mundo dos negócios, passando a ter maior participação na compra de vans, furgões e afins.

Participaram do encontro realizado na segunda-feira, 6, as empresárias Paula Guasti, da Remocenter, que tem 57 furgões Sprinter ambulância, Maria Danilda, da Gomes Carvalho Transporte, da área de móveis, e Cláudia Leoncini, proprietária da Bus Children, de transporte escolar.

Nina Barbato gerente de vendas de vans da Concessionária De Nigris

Também presente no evento a gerente de vendas de vans da Concessionária De Nigris, de São Bernardo do Campo, Nina Barbato, que atende esse segmento do mercado há mais de 20 anos."Até o final da década passada os homens eram ampla maioria na compra de vans e furgões. Estimo que hoje entre os negócios realizados e a influência na decisão da compra a mulher participa em 60% das transações", comentou Nina. Ela também destacou que na sua equipe de vendas as mulheres predominam: são oito contra apenas dois homens.

Segundo a gerente de Marketing de Produtos Van da Mercedes-Benz do Brasil, Ana Paula Teixeira, estudo da Global Entrepreneurship Monitor, em parceria com o Sebrae, dos 52 milhões de brasileiros envolvidos em algum negócio na condição de empreendedor em 2015, 47% eram mulheres.

Ana Paula Teixeira gerente de Marketing de Produtos Van da Mercedes-Benz do Brasil

Ana Paula lembrou que a linha Sprinter, que vem da Argentina, completa agora 20 anos no mercado brasileiro, oferecendo ampla flexibilidade de negócios a partir da oferta de 60 versões entre vans, furgões e chassis.

HISTÓRIAS
Médica ginecologista, Paula Guasti decidiu investir no transporte de pacientes junto com seu marido quando ainda fazia residência. "Percebemos que havia uma carência nessa área e decidimos investir em ambulância. Começamos com duas e hoje temos uma frota com 60 que opera no Estado de São Paulo, antendendo tanto serviços públicos como particulares", revelou.

Paula Guasti, médica ginecologista

Funcionária na época das Lojas Cem, Maria Danilda também aproveitou a sua experiência no trabalho para investir em negócio próprio. Há seis anos criou a Gomes Carvalho Transporte e hoje tem dois veículos que atendem a Grande São Paulo, Norte e Nordeste.

"A ideia é ampliar o negócio com a compra de novos veículos. Deveremos fazer transporte do Rio Grande do Sul para cá para atender lojistas de São Bernardo do Campo." 

Maria Danilda há seis anos montou o próprio negócio

Cláudia Leoncini, da Bus Children, herdou o negócio de transporte escolar do pai e hoje opera com 18 veículos atendendo escolas particulares. Há 20 anos no mercado, a empresa adquiriu sua primeira Sprinter em 2010 e hoje conta com 11 desses modelos em sua frota.

Cláudia Leoncini herdou o negócio de transporte escolar do pai

MERCADO
Durante o encontro com as mulheres empreendedoras o gerente sênior de Marketing & Vendas Vans da Mercedes-Benz do Brasil, Werner Schaal, descatou o reduzido custo operacional da Sprinter em todas as atividades às quais se destina,com a vantagem de poder trafegar em zonas de restrição nos grandes centros urbanos.

Com relação ao mercado, Schaal disse que as vendas ainda não reagiram, mas lembrou que há sinais positivos na área econômica que levam a crer em retomada. "Acreditamos em crescimento de 5% a 10% nas vendas de vans e furgões este ano", comentou.

Mercado de furgões pode crescer até 10% este ano

No ano passado foram comercializadas cerca de 18 mil unidades desse tipo de veículo, das quais quase 4,9 mil da marca Mercedes-Benz. Schaal preferiu não fazer previsões sobre quando o segmento recuperará volume recorde de 40 mil unidades registrado no início desta década. 

"Acreditamos em retomada mas ainda não dá para falar em quando retomaremos os números do passado", completou.