Honda lança Civic mais potente do mundo na Suíça

Motorpress
Da Redação, em São Paulo (SP)
07/03/2017 11:28

Dois anos depois, o Salão de Genebra é novamente palco de lançamento do mais potente dos Civic. Na edição deste ano a Honda apresentou a nova geração do hatch esportivo, que passa a adotar a mesma plataforma do sedã fabricado em Sumaré (SP), mas com visual distinto. O motor 2.0 turbo ganhou 10 cv, chegando a 320 cv e 40,8 kgfm, índices recordistas na gama do modelo. Para a alegria dos entusiastas, a marca manteve o câmbio manual de seis marchas como única opção.

Novo Civic Type R tem dianteira exclusiva com duto NACA
O novo Civic Type R manteve o visual ousado da geração anterior, o que incluiu o enorme aerofólio dianteiro e um inusitado escape triplo. O interior, por outro lado, é bem mais discreto e repete as linhas do Civic nacional, mas com forrações exclusivas e diversos elementos pintados de vermelho.

O pacote de equipamentos inclui itens essenciais para o segmento, como ESC com função Sport e vetorização de torque. Uma novidade é o sistema de rev match. Com ele, o carro executa um punta-tacco sozinho - a manobra, feita em corridas, compreende em acelerar o carro durante a frenagem, permitindo uma rápida reaceleração e aumentando o equilíbrio dinâmico ao eliminar o efeito de freio-motor.

Enorme aerofólio e escape triplo são marcas do Type R
Com o preconceito de alguns puristas pelo motor turbo já superado, o novo Civic Type R tem potencial para bater o sucesso - e os recordes - de seu antecessor. A Honda aposta tanto no modelo que irá oferecê-lo nos Estados Unidos, algo nunca feito até hoje em um modelo Type R.
Painel é similar ao do Civic nacional, mas com forrações e itens exclusivos
Por aqui, porém, não há chance do novo Civic endiabrado ser vendido - pelo menos, não de forma oficial. Por ser fabricado na Europa, o modelo chegaria ao País por um custo muito mais elevado do que o antigo Civic Si, que teve vendas tímidas no Brasil.