GM retoma versão Joy para novos Onix e Prisma

Motorpress
Da Redação, em São Paulo (SP)
01/08/2016 12:13

Atualizado às 10h47 de 4/8/2016

A General Motors apresenta nesta semana a versão mais barata dos novos Chevrolet Onix e Prisma. Ela retoma o nome Joy, já usado anteriormente em modelos extintos, como Corsa, Meriva, Celta e o antigo Prisma (o emblema da versão está na foto da home page). O motor será 1.0, com câmbio manual.

Onix 2017: atenção, a versão Joy não vai ser assim!
A fabricante não divulgou detalhes, mas espera-se que hatch e sedã cheguem ao mercado com pacote bem básico. A direção elétrica, que estreou na linha 2017 dos dois carros, pode ficar fora -- manter a assistência hidráulica seria uma alternativa a simplesmente deixar o motorista com o braço doendo na hora de manobrar. O ar-condicionado deve ser oferecido apenas como opcional.

Mais:
As fotos de Onix e Prisma 2017
Detalhes da versão aventureira Activ
Vídeo oficial do novo Onix

No entanto, a GM promete um bom recheio de conectividade na versão Joy -- algo necessário para atrair o público jovem. O plano da fabricante é oferecer Onix e Prisma Joy como opção de primeiro carro.  

DE OLHO NO PREÇO
O Onix Joy vai cumprir o papel da versão LS na linha 2016: atender aos clientes do extinto Celta. Provavelmente a GM vai fazer com que seu preço começe abaixo dos R$ 40 mil (nem que seja à moda R$ 39.990, para efeito psicológico).

Já o Prisma Joy deve ficar na faixa dos R$ 45 mil (por ora, a gama começa em R$ 53.690). Assim, não vai incomodar as vendas do veteraníssimo Classic, cujo preço inicial está abaixo dos R$ 33 mil.