Dodge divulga som visceral do Challenger Demon

Motorpress
Da Redação, em São Paulo (SP)
16/03/2017 10:19

Mais uma quinta-feira, mais um teaser do Dodge Challenger SRT Demon. Desta vez, a companhia liberou um vídeo para atiçar os ânimos dos entusiastas que querem ensurdecer os espectadores de competições de arrancada. Nos rápidos 26 segundos de vídeo, a Dodge mostra o Demon arrancando e produzindo um som completamente distinto do muscle car em relação às suas outras versões ou até mesmo de seus concorrentes.

Para produzir este som grave e estrondoso do Demon, a Dodge equipou o modelo com uma função batizada de "reserva de torque" no modo Drag Race do carro. Esta é a primeira vez que um dispositivo como este é instalado em um modelo de produção. 

Em um resumo menos complexo, o que este recurso de "reserva de torque" faz é aumentar as rotações por minuto do supercompressor, sem comprometer a entrega de torque ao motor (o que sobrecarregaria não só o cabeçote do bloco, mas freios e pneus em uma arrancada). Para isso, durante a largada, recurso fecha a válvula bypass (de desvio de ar, cuja função é similar a do wastegate em turbos) do supercompressor e altera a injeção de combustível nas câmaras de combustão, bem como o tempo da vela de ignição. 

De acordo com a fabricante, "com a reserva de torque administrando a potência do propulsor, o motor HEMI supercharged pode gerar boost antes de sair da linha de partida e alcançar mais rápido o pico da pressão do booster, aproveitando totalmente a distribuição de peso e atrito dos pneus aprimorados do SRT Demon para diminuir tempo de arrancada". 

Como é de praxe, juntamente com o vídeo e a explicação de mais uma tecnologia do Demon, a Dodge nos deixou com um outro "easter egg" para desvendarmos. Na placa do carro do vídeo há a mensagem: "3.9+221=405". Se você tiver alguma ideia do que isso significa, por favor, nos avise, pois seu palpite pode ser tão bom quanto o nosso.