Câmbio automático chega a March e Versa por R$ 4.800

RODRIGO RIBEIRO
Da Motorpress, em São Paulo (SP)
10/06/2016 16:23

Como a Toyota optou por um conjunto convencional no novo Etios automático, coube à Nissan a primazia de oferecer o câmbio CVT em um compacto nacional. A novidade chega na linha 2017 do March e Versa 1.6 e custará R$ 4.800 a mais do que a versão manual. Não ocorreram alterações no visual e no motor de 111 cv, e a única diferença dos modelos fica por conta do logotipo extra na tampa do porta-malas.

Nissan March CVT, sempre 1.6, parte de R$ 54.090
O hatch não teve mudança de preços e irá oferecer a opção CVT nos pacotes SV e SL. Já o Versa recebeu vidro elétrico traseiro em todas as versões e o opcional Pack Plus passa a ser item de série nas variantes mais caras. O topo de linha Unique agora será oferecido somente com câmbio CVT.

Compacto é fabricado em Resende (RJ)

Apesar de adotar o mesmo nome comercial XTronic, o câmbio CVT de March e Versa não é o mesmo do Sentra. Além de ser menor e mais leve, a caixa dos compactos tem limite de torque de apenas 15,3 kgfm, bem próximo do 15,1 kgfm gerado pelo 1.6 flex da dupla.

Nissan Versa na versão Unique, topo de gama e só CVT
Com isso, os modelos ficaram somente 10 kg mais pesados em relação às versões equivalentes com o câmbio manual de cinco marchas e dispensaram novos ajustes na suspensão. Segundo o Inmetro o consumo de combustível dos dois é ligeiramente inferior ao dos modelos manuais, mas o March CVT registrou uma melhora de 1 km/l no consumo rodoviário com gasolina.

Gama do Versa vai ficando cada vez mais recheada

Os valores cobrados pela marca aproximam os compactos dos rivais com câmbio automático convencional. O March 1.6 SV CVT (R$ 54.090) fica próximo das versões automáticas de Chevrolet Onix 1.4 LT (R$ 53.890) e Hyundai HB20 1.6 Comfort Plus (R$ 54.595). Do segmento, só o Etios 1.5 automático custa menos: R$ 52.640.

Tabela oficial de preços da Nissan. *A versão passa a se chamar Conforto **Essas versões passam a adotar o pacote Pack Plus de série
No Versa o cenário se repete: o SV de R$ 57.990 disputa mercado com o Prisma 1.4 LT (R$ 57.890) e HB20S 1.6 Comfort Plus (R$ 58.425), com os três distantes do Etios Sedan X Automático (R$ 52.140).

Para Cristiane Sanchez, gerente de marketing de produto da Nissan, o câmbio CVT pode melhorar até 30% das vendas dos modelos. Até maio o Versa vendeu 7.888 unidades, enquanto o March registrou 7.161 veículo. A penetração do sistema, porém, irá variar: espera-se que 30% dos March sejam CVT, contra 60% do Versa. "Além do consumidor comum, iremos focar nos frotistas e clientes PCD (pessoa com deficiência)", explicou a executiva.

Câmbio CVT de March e Versa e emblema na traseira
CARRO ONLINE testou o novo Nissan Versa 1.6 CVT e publicará as impressões ao dirigir do sedã em breve.