C5 Aircross estreia suspensão inovadora

Motorpress
Da Redação, em São Paulo (SP)
18/04/2017 11:56

CARRO havia adiantado para você a forma de produção do inédito Citroën C5 Aircross, após fotos terem vazado em sites chineses. Nesta segunda-feira (17), a fabricante o revelou oficialmente antes de sua apresentação no Salão de Xangai, na China, que começa nesta semana. Além da nova plataforma EMP2 (que dá origem à nova geração do Peugeot 3008), o C5 Aircross estreia uma nova tecnologia de suspensão na Citroën e terá uma versão híbrida que será a mais potente da fabricante em um carro de produção.

Citroën C5 Aircross será apresentado em Xangai, na China

Conforme comentamos anteriormente, visual do C5 Aircross segue o padrão atual de identidade da marca francesa, que aposta em faróis bem afilados e grade avantajadas para atribuir um estilo mais futurista aos seus modelos. A silhueta segue uma característica mais tradicional de utilitários esportivos, enquanto a traseira é menos marcante que a frente, com lanternas de formato mais convencional, porém com efeito 3D de seus elementos internos.

Segundo a fabricante, o C5 Aircross entregará um novo patamar de conforto à Citroën, por meio da tecnologia de "Almofadas Hidráulicas Progressivas". Isso mesmo: almofadas. A intenção é reforçar que o SUV rodará como um "tapete voador" em ruas levemente irregulares, dada a eficácia do sistema de suspensão em absorver os obstáculos. 

Basicamente, o que a Citroën fez foi adicionar batentes hidráulicos em cada extremidade dos amortecedores (em cima e embaixo, para cumprir as funções de compressão e distenção, respectivamente) para evitar que os impactos do conjunto influenciem na carroceria. Em vias mais esburacadas, o sistema contribui para que o nível de conforto do carro não seja tão prejudicado, uma vez que o recurso inédito evita as batidas secas de final de curso do amortecedor (que atingem o assoalho) por reduzir a velocidade do movimento de absorção.

SUV estreia plataforma e nova suspensão na Citroën

A plataforma EMP2 também garante ao C5 Aircross entregar o maior espaço interno de seu segmento. Com 2,73 m de distância entre-eixos, a cabine do utilitário comporta cinco adultos confortavelmente, graças a soluções como um painel menos intrusivo. O habitáculo também se destaca pelo quadro de instrumentos digital de 12,3'' e central multimídia de 8'' touchscreen. 

Sob o capô, o C5 Aircross terá o já conhecido motor 1.6 THP de 165 cv e outro de pouco mais de 200 cv, cujo deslocamento não foi divulgado, ambos acoplados à transmissão automática de seis marchas. A Citroën também prepara uma versão híbrida de tração integral (e-AWD) com este motor de 200 cv trabalhando com outros dois propulsores elétricos, formando um conjunto de mais de 300 cv (e capacidade para rodar 60 km em modo elétrico). 

Quanto às tecnologias, o SUV traz recursos autônomos como piloto automático adaptativo com função stop&go, assistente de permanência na faixa, frenagem de emergência e limitador eletrônico de velocidade em descidas. Modelos de tração dianteira ainda terão o sistema Grip Control, que por meio do controle de estabilidade, consegue adequar a aderência do veículo em diferentes tipos de terreno.

Cabine espaçosa e tecnológica é destaque do C5 Aircross

O Citroën C5 Aircross comeraçá a ser vendido na China ainda este ano, mas na Europa o modelo só será oferecido perto da metade de 2018.