Testamos o Suzuki Jimny

Motorpress
Da Redação, em São Paulo (SP)
16/10/2013 11:05

37° é o ângulo de entrada do Jimny. O de saída é de 51°

Não faltam opções de veículos com apelo “aventureiro” no mercado nacional. Para quem se contenta com um modelo que tenha apenas o visual off-road, eles são a escolha certa.

Mas se você precisa — ou deseja — de um carro mais robusto, capaz de enfrentar trilhas, buracos e atoleiros, então você deve partir para um 4x4 “de verdade”. Mas você sabia que não precisa desembolsar mais de R$ 80.000 para levar um utilitário para a sua garagem?

É isso mesmo. Com R$ 55 990, você pode adquirir um Suzuki Jimny, o utilitário compacto que está sendo produzido no Brasil, mais precisamente em Itumbiara, GO, onde a marca ergueu a sua fábrica. E já vale avisar: não menospreze o jipinho por conta do porte dele.

Por dentro, o acabamento é simples, mas funcional

Para começar, saiba que o Jimny possui 43 anos de história, já que nasceu como Samurai, modelo que também foi vendido no Brasil e se notabilizou por sua valentia. A geração atual foi lançada em 1998, mas o modelo passou por uma leve reestilização em 2012 e é essa versão que está sendo feita por aqui.

Em nome da robustez, o Jimny possui carroceria montada sobre chassi e suspensão com eixos rígidos. A tração integral conta com caixa de transferência remota (de pequenas dimensões) e reduzida. Já o motor é um 1.3 de 4 cilindros com 85 cv e 11,2 mkgf. À primeira vista, podem parecer números modestos, mas não se esqueça que se trata de um veículo que pesa apenas 1 060 kg!

O teto solar de tecido com acionamento elétrico é de série na versão 4Sun

Além disso, este Suzuki não foi feito para acelerar rápido ou atingir grandes velocidades. Pelo contrário: a vocação dele é ir devagar e sempre, superando obstáculos que, para muitos, podem até ser intransponíveis. Para tanto, a tração 4x4 tem acionamento elétrico e pode ser feita com o Jimny rodando a até 100 km/h.

O pequeno Suzuki está disponível em quatro versões (4ALL, 4SUN e 4SPORT, além da 4WORK, para frotistas) que se diferenciam pelo acabamento e equipamentos oferecidos. Além disso, o Jimny 4SPORT pode receber, opcionalmente, pneus do tipo Mud, que melhoram ainda mais o seu desempenho no fora-de-estrada, além de itens como snorkel para o motor, por exemplo.

A versão 4SPORT é equipada com para-choques e outros itens específicos para a prática do off-road

E se sai bem no off-road, o Jimny também roda com desenvoltura no asfalto. Por conta de suas dimensões compactas, é fácil manobrá-lo no trânsito e o jipinho ainda oferece posição elevada de dirigir, facilitando ainda mais a tarefa.

O novo modelo nacional só não agrada em longos percursos ou para quem viaja no banco traseiro. A cabine apertada também deixa a desejar e no sacolejar das trilhas não é difícil bater o cotovelo esquerdo no painel da porta. Já o porta-malas, é igualmente pequeno, e tem capacidade para apenas 113 litros.

Mas, como foi mencionado no início, o Suzuki Jimny é a opção certa para quem busca um veículo off-road “de verdade”. E o melhor: sem ter de gastar muito.

Média final: 6,5

Ele é pequeno, valente, fácil de conduzir no trânsito, relativamente econômico e ainda tem visual moderno. Então, quer dizer que o Jimny é perfeito? Calma, não é bem assim. A cabine é apertada, o banco traseiro deixa a desejar em termos de conforto e o porta-malas é muito pequeno. Ou seja, é preciso gostar de off-road para desfrutar do que este Suzuki tem de melhor. - Wilson Toume

Seu bolso

Preço: R$ 59.990 
Desvalorização (1 ano): 9,2% 
Garantia: 1 ano 
Financiamento (a.m.): 0,99%
Parcela (50% de entrada + saldo em 36x): R$ 1.009  
IPVA: R$ 2.399 
Seguro: R$ 3.391 
1ª revisão (10 000 km): R$ 438 
Versão básica: R$ 55.990

Nossas medições

Aceleração 0-100 km/h     14s4
Retomada 60-120 km/h em 4ª      25s6
Frenagem 80 a 0 km/h (m)    31,4
Consumo cidade (km/l)    8,0 
Consumo estrada (km/l)    12,0
Ruído a 120 km/h em 5ª (dB)    68,3

Dados da fabricante

Motor 4 cilindros em linha, dianteiro, longitudinal, gasolina; Cilindrada 1.328 cm3; Potência 85 cv a 6.000 rpm; Torque 11,2 mkgf a 4.100 rpm; Câmbio manual, 5 marchas; Tração integral; Comprimento 3,67 m; Largura 1,60 m; Altura 1,70 m; Entre-eixos 2,25 m; Porta-malas 113 litros; Peso 1.060 kg.

Versões Relacionadas