Motor 2.0 coloca Audi A3 Sedan um degrau acima

WILSON TOUME
Da Redação, em São Paulo (SP)
02/12/2015 16:00

Existem automóveis que transmitem a impressão de que atingiram o nível ideal, seja em termos de projeto, motor e desempenho, seja em termos de conforto e prazer ao dirigir. O Audi A3 nacional se aproxima bastante dessa classificação. Motor moderno, acabamento de bom nível, conforto satisfatório e prazer ao dirigir na medida certa fazem do sedã uma opção muito interessante no segmento. Então, fica a pergunta: é possível melhorar o A3 Sedan?

Audi A3 Sedan completa a gama com a versão 2.0

Claro que sim. E a Audi providenciou isso com o motor 2.0 TFSI a gasolina — o mesmo usado no VW Golf GTI —, capaz de gerar 220 cv e 35,7 kgfm. Para se ter ideia, o 1.4 produz 150 cv e 25,5 kgfm, uma diferença e tanto.

Mais do A3 Sedan:
A3 nacional encara o Toyota Corolla topo de gama
Com motor 1.4 turbo, modelo pode ser o carro ideal

Visualmente, porém, as duas versões são muito parecidas. As principais diferenças ficam por conta das rodas exclusivas, do escapamento com duas saídas na traseira, das luzes de neblina e do teto solar com acionamento elétrico.

O modelo com motor 2.0 é praticamente igual ao 1.4 turbo

E se por fora é difícil distinguir o A3 Sedan 2.0 (que é vendido apenas na versão Ambition) do 1.4, por dentro a tarefa não é mais fácil. Ajustes elétricos dos bancos dianteiros e seletor de modos de condução (Drive Select) são as diferenças mais perceptíveis. Há outras, porém, como o revestimento de couro de série, o sistema de som integrado ao MMI, controlador de cruzeiro, sensores de chuva e crepuscular ou os retrovisores externos com desembaçador, por exemplo.

Mas, exceto pelos equipamentos a mais, o nível de conforto oferecido pelo 2.0 é similar ao do anterior. A suspensão garante estabilidade sem comprometer o conforto e o conjunto motriz não produz ruído elevado na cabine.

Cabine do Audi A3 Sedan 2.0: aqui o couro é de série

NA PISTA
Mas a grande diferença é mesmo o desempenho. Na pista de testes, o motor 2.0 (o mesmo de Volkswagen Golf GTI e do novo Passat) fez toda a diferença ao garantir aceleração de 0 a 100 km/h em 6s7 e retomada de 60 km/h a 120 km/h em 5s6, por exemplo, enquanto o 1.4 cumpriu as mesmas provas em 8s9 e 8s7, respectivamente.

E parte desse desempenho deve-se ao câmbio robotizado de dupla embreagem, que tem trocas mais rápidas que o Tiptronic usado no 1.4. E mesmo com desempenho empolgante, o consumo do A3 Sedan 2.0 é satisfatório: 8,2 km/l na cidade e 14,2 km/l na estrada.

Audi A3 Sedan 2.0 montado no Brasil é mais barato que o 1.8 importado
Mas o melhor é que, mesmo com motor mais potente, esse A3 Sedan ficou mais barato que o 1.8 importado — custa R$ 137.990, contra R$ 140.190 e ainda traz teto solar como item de série. Ou seja, na troca do importado pelo nacional, a vantagem é do consumidor!

Teste completo do A3 2.0 na CARRO #266

Versões Relacionadas